ABU DHABI, Emirados Árabes Unidos--(BUSINESS WIRE)--out 8, 2019--

Sob o patrocínio de Sua Alteza Xeica Fatima bint Mubarak, Presidente da Liga Geral das Mulheres, Presidente Suprema da Fundação de Desenvolvimento Familiar e Presidente do Conselho Supremo para Maternidade e Infância, o Conselho Nacional Federal (FNC), em cooperação com o Parlamento Árabe, promulgou hoje o Estatuto Árabe sobre os Direitos das Mulheres.

Este comunicado de imprensa inclui multimédia. Veja o comunicado completo aqui: https://www.businesswire.com/news/home/20191008005995/pt/

Arab Charter on Women’s Rights - Group Photo (Photo: AETOSWire)

O Estatuto é um marco fundamental no empoderamento das mulheres árabes, com a garantia de seus direitos, a participação na formação nacional e a promoção do desenvolvimento inclusivo.

A cerimônia contou com a participação de Sua Excelência Xeque Nahyan bin Mubarak Al Nahyan, Ministro de Estado da Tolerância dos EAU, Sua Excelência Dr. Meshaal Al Salmi, Porta-voz do Parlamento Árabe, Dra. Amal Abdullah Al Qubaisi, Porta-voz do FNC, além de várias lideranças de parlamentos árabes e outras entidades.

O Estatuto, que é composto por 25 artigos, apresenta um esquema abrangente para o fortalecimento das mulheres árabes com base nos princípios das leis islâmicas e dos direitos humanos. O documento reafirma os dogmas da Convenção Árabe sobre as Trabalhadoras Árabes, de 1976, e o Estatuto Árabe sobre os Direitos Humanos, de 2004. Além disso, ele é condizente com a Carta das Nações Unidas, a Declaração Universal de Direitos Humanos, a Convenção sobre a Eliminação de Todas as Formas de Discriminação contra as Mulheres, de 1979, a Plataforma pela Ação de Pequim, de 1995, e a Resolução 1325 do Conselho de Segurança da ONU sobre as Mulheres, Paz e Segurança.

O discurso de Sua Alteza Xeica Fatima bint Mubarak, proferido em seu nome pelo Ministro de Estado da Tolerância dos EAU, descreveu o Estatuto como um documento histórico que reflete o entusiasmo natural para envolver as mulheres no desenvolvimento sustentável que predomina na região árabe, além de destacar a contribuição feminina nas conquistas dos EAU.

A Dra. Al Qubaisi declarou: “Enquanto desenvolvíamos o Estatuto nos últimos dois anos, conduzimos 12 estudos detalhados, debatidos em cinco seminários realizados pelo Parlamento Árabe, e trabalhamos em parceria com outros parlamentos e conselhos do mundo árabe. Essas atividades tinham o objetivo de angariar apoio para o Estatuto e, dessa forma, garantir seu sucesso e sustentabilidade.”

Ela acrescentou: “O modelo de fortalecimento feminino apresentado pela Sua Alteza se concentra em capacitar a sociedade por meio das mulheres. As conquistas dos EAU nesse aspecto são o resultado de estratégias cuidadosamente concebidas, especialmente a Estratégia Nacional de Capacitação das Mulheres Emiradenses.”

*Fonte: AETOSWire

O texto no idioma original deste anúncio é a versão oficial autorizada. As traduções são fornecidas apenas como uma facilidade e devem se referir ao texto no idioma original, que é a única versão do texto que tem efeito legal.

CONTACT: Conselho Nacional Federal, Emirados Árabes Unidos

Abdlrahman Al Najar, +97143033816

KEYWORD: MIDDLE EAST UNITED ARAB EMIRATES

INDUSTRY KEYWORD: PUBLIC POLICY/GOVERNMENT CONSUMER OTHER POLICY ISSUES WOMEN OTHER GOVERNMENT

SOURCE: UAE Federal National Council

Copyright Business Wire 2019.

PUB: 10/08/2019 09:59 PM/DISC: 10/08/2019 09:59 PM

Copyright Business Wire 2019.

0
0
0
0
0

(0) comments

Welcome to the discussion.

Keep it Clean. Please avoid obscene, vulgar, lewd, racist or sexually-oriented language.
PLEASE TURN OFF YOUR CAPS LOCK.
Don't Threaten. Threats of harming another person will not be tolerated.
Be Truthful. Don't knowingly lie about anyone or anything.
Be Nice. No racism, sexism or any sort of -ism that is degrading to another person.
Be Proactive. Use the 'Report' link on each comment to let us know of abusive posts.
Share with Us. We'd love to hear eyewitness accounts, the history behind an article.

Thank you for Reading!

Please log in, or sign up for a new account and purchase a subscription to read or post comments.